2.02 – Sobrevivente

“You have a choice. Live or die.
Every breath is a choice.
Every minute is a choice.
Every time you don’t throw yourself down the stairs, that’s a choice.
Every time you don’t crash your car, you re-enlist.”

Começando com uma numeração de trás para frente, tanto para páginas como para capítulos, Sobrevivente é a história de um membro da CRENDICE (culto religioso fanático com mais de 20’000 acres de terra no meio dos EUA). Seu nome é Tender Branson, e sua narrativa é a sua história e seu ouvinte é uma caixa preta de um avião sequestrado. Você é o último dos seus, e sua história vai deixar muitas pessoas pensando sobre alguns conceitos pessoais. Se imagine nascendo numa seita religiosa (cujo nome é Crendice) aonde o primogênito tem o direito de viver e herdar tudo que sua família possui. Todos os filhos além do primogênito será educado e treinado para servir e ao atingir a maioridade irá ser “expulso” das terras da Crendice para virar serviçal para estranhos e mandar todos seus proventos para sua “igreja”. Imagine que, por culpa de alguns minutos, você não foi o primogênito e será nomeado com o nome de Tender Branson (assim como todos os outros na sua condição). Essa é a história de Sobrevivente, de Chuck Palaniuk (mesmo escritor de CLUB DA LUTA).

Sua trajetória vai desde um ser servil, passando líder último membro da Crendice, até virar líder pop-religioso e sequestrador. E entre os personagens, tudo gira apenas em torno de Tender, Fertility (moça que consegue prever o futuro), o Agente (que mostra como o mundo realmente é!) e Adam (sem estragar surpresas).

As melhores partes do livro estão na sátira ao marketing, à religião e à cultura pop. É genial descobrir que existe uma empresa que patenteia todas as combinações de nomes para um futuro remédio que não existe (mas alguém irá descobrir) apenas para ter direitos e lucros sobre o inventor (que ainda não existe, mas quando existir, vai ter que dar dinheiro pra essa empresa). Ou observar a capitalização da religião, aonde existe milhares de itens santos e inúteis apenas para lucrar em cima da fé d’aqueles que acreditam, como o livro das pequenas preces, que incluem preces para sinaleiro abrir, para ter hereção e para não ter ejaculação, prece para chefe não encher o saco entre várias outras inutilidades. E sim, foi o livro mais vendido (na ficção). E sim, na realidade existem tais itens! Como a vassoura para varrer o pecado (clique aqui e se espante sobre).

Para todas as outras críticas / sátiras, recomendo imensamente que leia o livro!

Agora sobre Chuck Palahniuk, vamos a alguns fatos:

  • Ele participou da Cacophony Symphony (turminha da pesada) e parte dessa experiência baseou Club da Luta.
  • Seu primeiro livro, Monstros Invisíveis, foi rejeitado por ser muito sombrio e só foi lançado em 1999 (depois de outros livros dele).
  • O pai de Chuck foi assassinato, e seu avô matou sua avó e depois se suicidou.
  • Existe um site, O CULTO (clique aqui) aonde existe uma interação entre Chuck com seus fãs. Compensa acessar.
  • Um filme sobre SOBREVIVENTE seria gravado após o sucesso de Club da Luta, porém com os ataques de 11/9 o filme foi posto em suspenso (“hold”).

E sobre seitas religiosas, cultos e suicídios em massas:

 

Anúncios

Publicado por

newtonwsl6

65% goiano, 31% mineiro e 4% paulista. Engenheiro mecânico recém formado pela UFU em plena crise política e economia brasileira. Nerd nível médio pegando grau em avançado, desenhista, leitor, gamer, cinéfilo e apaixonado por heróis (ou seria vilões?).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s