1.10 – Tharsis

Aquele momento em que você compra um bundle (pacote) de jogos no site http://www.humblebundle.com, de olho em um jogo (Rust no caso), e descobre que existe outros jogos tão bons quanto. Hoje vou descrever minha experiência com Tharsis, começando por apresentar o trailer para vocês:

A proposta de Tharsis, jogo tipo roguelike / turno, é Continuar lendo 1.10 – Tharsis

Anúncios

2.03 – Crônicas Saxônicas – Bernard Cornwell 1-5

“Wyrd bið ful ãræd”

Lá está você navegando sem preocupação quando aparece um link suspeito da Submarino com um box de livros com um preço interessante. Vamos comprar? Bora! O autor em questão é o Bernard Cornwell, romancista que já conhecia com a Trilogia do Graal, o qual consegue inserir personagens fictícios em momentos históricos interessantes (principalmente na Inglaterra e França, mas não exclusivamente).

O box em questão é o das Crônicas Saxônicas, com volume de 1-7. Mas irei falar dos que eu já li, que são, em sequência: Continuar lendo 2.03 – Crônicas Saxônicas – Bernard Cornwell 1-5

1.09 – Borderlands The Pre Sequel

Responder o que surge ao se misturar um FPS com RPG pode ser complicado, mas na hora de exemplificar a primeira resposta que vem na minha mente é: BORDERLANDS (BL). Jogo de tiro com inúmeros elementos de RPG, focado em zoar, atirar, matar e lotear. The Pre Sequel é o terceiro jogo da franquia, o qual narra acontecimentos entre o primeiro e o segundo jogo, contando a história da ascensão de Handsome Jack (playboy, megalomaniaco e vilão do BL2). Continuar lendo 1.09 – Borderlands The Pre Sequel

1.08 – Magic Duels

Sempre fui um jogador de Magic casual, gastando alguma grana, se reunindo com amigos para jogar e rir das conversas aleatórias que surgia. Com o tempo e mudanças devido a estudos, tais reuniões ficaram mais raras até se extinguirem e meu relacionamento com Magic ficou restrito a ver algumas cartas e decks novos, eventualmente. Até que um dia, pela steam, me deparo com Magic Duels (MD). Continuar lendo 1.08 – Magic Duels

1.07 Risk of Rain

Sabe aquele jogo em que você morre e perde tudo que conseguiu conquistar e ainda tem que começar tudo do zero? Então, rogue-like é o termo usado para esses tipos de jogo. E Risk of Rain é um baita de um rogue-like. Inicialmente você terá apenas um personagem para jogar, com 4 skills e muitas mortes por vir e com o tempo e sua progressão você vai liberando novos personagens com estilos de jogos únicos e divertidos. Já sobre o gameplay, no jogo Continuar lendo 1.07 Risk of Rain

1.06 Transistor

“When you speak I hear silence….”
We All Become One

Jogo da Super Giant Games (mesma produtora que Bastion), Transistor é um RPG em turnos de ação, se é que se pode classificar o jogo assim. Ao mesmo tempo em que The Process (o vilão do jogo) a persegue a protagonista Red (a moça linda da imagem acima que também é cantora), Red fica em posse de uma espada misteriosa com nome de “Transistor” que é a chave de todos os mistérios. O jogo combina ações em turnos com estrategias baseadas no poder do Transistor com Continuar lendo 1.06 Transistor

1.05 The Stanley Parable

Você acorda na sua sala aonde trabalha todo dia e inesperadamente não há ninguém visível no seu trabalho e uma voz começa a falar na sua cabeça. Uma voz, ou narrador, que começa a te questionar, te indicando aonde deve ir para resolver o problema. E aí entra a grande sacada de The Stanley Parable  (STP). Você pode obedecer cegamente ao narrador, e o mesmo irá ironizar a sua vida como um pau mandado que não sabe fazer nada que não seja mandado. Você pode não obedecer o narrador, e ele irá satirizar a sua vida, te mostrando que muito do que você pensa não é muito consistente.

Com esse obedecer e não obedecer, temos um “walker simulation” (simulador de andar) bem surpreendente e não linear, com mais de 18 finais distintos. Os finais podem Continuar lendo 1.05 The Stanley Parable